03/11/2017
Nota pública

Salvador, 03 de novembro de 2017.

Nota da Sociedade de Anestesiologia do Estado da Bahia

Diante da publicação em rede social “ruicostaoficial” do Instagram no dia 31 de outubro de 2017 sobre o interesse do Governo do Estado da Bahia em trazer médicos anestesiologistas cubanos para atuação no Estado, a Sociedade de Anestesiologia do Estado da Bahia (SAEB) vem informar que conforme dados do Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (CREMEB), existem 801 médicos anestesiologistas registrados, de um total de 22.110 médicos ativos.

Para a adequada formação de especialistas em anestesiologia são necessários três anos de residência em centros especializados. Anualmente, 30 novos especialistas são formados na Bahia que, em conjunto com os colegas egressos de outros centros, reforçam o atendimento à população do nosso Estado.

Não podemos atribuir o comprometimento na atenção à saúde da população à ausência de anestesiologistas, mas sim à carência na estrutura dos serviços. Temos potencial para ampliar a formação de anestesiologistas, caso esta necessidade seja identificada, assim como existe interesse dos profissionais em atuar na rede pública estadual. Tais fatos tornam injustificada a vinda de profissionais procedentes de Cuba ou de qualquer outro país para atender a este propósito.

Alertamos que a qualidade e a segurança da prática desta especialidade estão diretamente relacionadas à qualidade da formação médica, do processo de especialização e da garantia das condições mínimas para o ato anestésico, conforme resolução 1.802/06 do Conselho Federal de Medicina.

Por fim, nos colocamos à disposição do Governo do Estado para contribuirmos na análise dos fatos e na busca por soluções que se traduzam na garantia para as boas práticas de saúde à população baiana.

Sociedade de Anestesiologia do Estado da Bahia

   

Nota pública
SAEB divulga edital das Eleições 2017
SAEB traz curso itinerante sobre ler e escrever artigo científico
ABM realiza a 15ª edição do seu congresso
Recesso de São João 2017
Nota de pesar
Carta de esclarecimento
EDITAL 001/2017